Geopolítica

AUKUS e a teoria do destino manifesto: O jogo perigoso Australiano.

Quais os efeitos da nova aliança entre a Austrália, EUA e Inglaterra no plano de submarinos australianos?

A pretensa superioridade moral que justificou a nova união dos povos de língua inglesa não esconde seu caráter arrogante. O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, do Partido Liberal, e o secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, ameaçaram, sem meias palavras, o premiê das Ilhas Salomão, Manasseh Sogavare, depois que o país firmou um acordo de segurança com Beijing. Destino Manifesto foi uma expressão cunhada pelo jornalista John Louis O’Sullivan, em 1845, quando os americanos iniciaram a marcha para o Oeste. A frase resume a ideia anglo-saxões acreditarem que Deus lhe concedeu a missão de expandir sua civilização e instituições ao longo do território norte-americano. Com esta justificativa, o país se expandiu até atingir o Oceano Pacífico em um processo de limpeza étnico que custou a vida de milhões de indígenas..  (Leia mais aqui)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: