Afeganistão

Mais sociólogos, menos bombas

Por Pedro Paulo Rezende

A ofensiva relâmpago do Talibã e a derrocada do governo afegão pegou de surpresa a opinião pública, mas não causou surpresa entre os especialistas que acompanhavam a evolução política e militar da guerra civil. A intervenção dos Estados Unidos, desde o início, foi marcada pela profunda incompreensão da divisão tribal e dos costumes do país. Em suma: repetiram os mesmos erros cometidos no Vietnã e no Iraque, uma prova de que a curva de aprendizado dos militares e diplomatas americanos é achatada e pouco acentuada, o que levou Washington a uma derrota acachapante com cenas de horror provocadas por uma multidão de colaboradores da Coalizão ocidental tentando fugir em pânico de Cabul. (Leia mais aqui)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: