Eu consigo uma guerra

William Randolph Hearst apoiava os rebeldes cubanos, que se levantaram contra o domínio espanhol, desde 1895. Uma de suas melhores histórias envolve o envio do ilustrador Frederic Remington para cobrir a Guerra de Independência. Ao chegar, o jornalista enviou um telegrama dizendo:

— Está tudo tranquilo.

Hearst respondeu:

— Por favor, fique! Você me manda as imagens e eu consigo a guerra.

Em 1898, Hearst cumpriu a promessa. A explosão do couraçado Maine durante uma visita a Havana, provavelmente causada pela explosão de um dos seus paióis, empurrou os Estados Unidos para uma guerra contra a Espanha e transformou o país em um império global que incluía as Filipinas, Guam e ilhas na Micronésia.

%d blogueiros gostam disto: